in

Personal que pegou a esposa com morador de rua causa polêmica ao dar entrevista sem aliança e se explica

O episódio de Planaltina continua repercutindo bastante nas redes sociais.

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Quem abriu as redes sociais na última semana, com certeza deve ter se deparado com algum meme ou notícia a respeito do episódio que aconteceu na cidade de Planaltina, no Distrito Federal. Um personal trainer, de 31 anos, saiu à procura de sua esposa e a encontrou tendo relações com um morador de rua dentro do próprio carro. Eduardo Alves, o personal, não pensou duas vezes e tirou o sujeito do carro a força

Publicidade

Eduardo contou para todos que tomou essa atitude, pois na hora teve a certeza de que a esposa estava sofrendo um abuso sexual. No entanto, a esposa, que é conhecida em Planaltina como Sandrinha, afirmou em um áudio que sua relação com o sem-teto foi consensual.

Cheia de mistérios, a história que tomou uma grande repercussão em todo o Brasil, está sendo investigada pela polícia de Planaltina. Quem poderia dar mais detalhes é Sandrinha, mas ela no momento se encontra internada em um hospital particular e nem sabe das proporções que o assunto tomou.

Publicidade

O único personagem da história que tem aparecido com frequência é o personal trainer, que já deu entrevistas ao SBT, à Record e ao colunista Leo Dias, do site Metrópoles. Eduardo manteve o seu discurso nas três entrevistas e defendeu sua esposa. Ele continua afirmando que não foi uma traição de Sandrinha, e sim um abuso que ela sofreu.

Publicidade

O público, no entanto, reparou que o personal não usou aliança em seus depoimentos. Muitos usaram esse argumento para questionar se Eduardo continuava mesmo casado com Sandrinha.

Publicidade

Léo Dias entrou em contato novamente com o rapaz para perguntar sobre o não uso da aliança. O personal explicou que não está usando a joia por conta dos ferimentos de sua mão. Eduardo, inclusive, usava uma proteção quando fez as gravações.

Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com