in

Óbitos são confirmados em queda de avião que levava 132 pessoas no sul da China; empresa se pronuncia pela primeira vez

Aeronave veio abaixo na manhã desta segunda-feira e detalhes estão sendo apurados.

Yicai Global/G1/DCI/Montagem

A queda do Boeing 737 pertencente à companhia aérea China Eastern Airlines, uma das maiores do país, tem sido um dos assuntos mais comentados desta segunda-feira (21/03). A aeronave veio ao chão nesta manhã enquanto transportava mais de 130 pessoas.

Publicidade

De acordo com o que se sabe sobre o acidente, o avião havia saído da cidade de Kunming com rumo a Guangzhou. Entretanto, enquanto sobrevoava a região montanhosa de Guangxi, não conseguiu mais fazer contato com a torre.

O radar que monitorava o avião detectou que ele diminuiu bruscamente sua altitude em dois minutos, o que não é esperado. Momentos mais tarde, foi confirmada a queda. Das 132 pessoas a bordo, nove pertenciam ao quadro de funcionários da empresa aérea e o restante eram passageiros.

Publicidade

Há poucos momentos, a China Eastern Airlines se pronunciou pela primeira vez acerca do trágico episódio e demonstrou seu pesar pelo ocorrido. No comunicado, a companhia confirmou o que era esperado, que há mortos no acidente. A empresa confirmou que ‘há mortos’ entre os passageiros da aeronave.

Publicidade

A companhia expressa suas mais profundas condolências aos passageiros e tripulantes que morreram no acidente“, disse o comunicado da China Airlines. Centenas e bombeiros foram enviados até o local na tentativa de resgatar possíveis sobreviventes e os corpos.

Publicidade

O presidente chinês tem movimentado diversas equipes para a operação, que se torna difícil por conta do complicado acesso à região onde o avião caiu. Informações atualizadas sobre a tragédia podem ser noticiadas a qualquer momento, tão logo os bombeiros apurem a situação real.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.