in

Tragédia: avião com 132 pessoas cai no sul da China e não há sinais de sobreviventes; equipes fazem buscas

Situação está sendo avaliada pelas equipes que se fazem presente no local do episódio.

Boieng/DCI/Montagem

Na manhã desta segunda-feira (21/03), um avião da companhia China Eastern Airlines acabou caindo em uma região montanhosa do país. A aeronave, um Boeing-737 , estava fazendo o transporte de 132 pessoas, sendo nove tripulantes e o restante passageiros.

Publicidade

A aeronave estava indo da cidade de Kunming com destino a Guangzhou. A imprensa internacional divulgou que o avião em questão não conseguiu mais ter contato com a torre de comando ao chegar em Wuzhou.

As primeiras informações foram confirmadas pela Administração de Aviação Civil da China. Equipes de salvamento já se locomoveram até o local do acidente, entretanto, até o fechamento desta matéria, não havia sinal de sobreviventes na tragédia.

Publicidade

Pouco depois do acidente, a AACC emitiu um comunicado dando os primeiros detalhes do episódio: “A Administração de Aviação Civil das companhias aéreas da China Eastern ativou o mecanismo de resposta de emergência após a queda de um Boeing 737”, disse.

Publicidade

Segundo informações, o avião partiu às 13h11 locais (02h11 pelo horário de Brasília), como afirmam os dados do FlightRada. O Boing estava voando a 29.100 pés às 03h20 pelo horário de Brasília. Poucos minutos e 15 depois, o radar apresentou que havia caído para 9.075 pés.

Publicidade

Xi Jinping, presidente em exercício na China, solicitou que a causa da queda da aeronave seja descoberta o mais rápido possível a fim de garantir a segurança da aviação. Novos detalhes sobre o trágico episódio podem ser trazidos a público a qualquer momento após avaliação das equipes de resgate que estão no local do acidente.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.