in

Lula não descarta a possibilidade de sofrer atentado durante campanha à presidência; detalhes são expostos

O ex-presidente admitiu que terá que tomar muito cuidado durante os comícios que começarão em abril.

Revista Isto É | Portal Leia Ja

Na última terça-feira (15/03), o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, candidato à presidência pelo Partido dos Trabalhadores (PT), concedeu uma entrevista para a rádio Espinharas, localizada na cidade de Patos, na Paraíba.

Publicidade

Na ocasião, o político foi questionado pela jornalista, que quis saber o que ele acha sobre a fala do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, que disse que Lula pode ser atacado por grupos radicais, principalmente os grupos ligados ao atual presidente Jair Bolsonaro. O magistrado ainda não descartou a possibilidade de o candidato sofrer um atentando contra a vida, como aconteceu com Bolsonaro durante a campanha para as eleições de 2018.

Lula respondeu que não descarta a possibilidade de sofrer uma tentativa de homicídio. Ele ainda aproveitou o momento para relacionar o atual presidente à milicianos, que poderiam ter sido responsáveis pelo assassinato da vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, que foram brutalmente executados no Rio de Janeiro, em 2018.

Publicidade

O candidato também revelou que seu primeiro ato público acontecerá em abril. Lula disse que o comício será na capital São Paulo, provavelmente na Avenida Paulista. Ele contará com a presença de seu vice, o ex-governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin. Depois disso, também serão realizadas outras ações em todos os estados do país.

Publicidade

Segundo informações do colunista Guilherme Amado, do portal Metrópolis, o PT pretende reforçar a segurança de Lula e Alckmin durante os comícios, para evitar qualquer tragédia. Lula ainda teve que se mudar de São Bernardo do Campo, em São Paulo, pois os aliados estavam com medo de acontecer alguma coisa com ele. Atualmente, o futuro candidato está morando na capital paulista e sendo monitorado por uma equipe de seguranças treinados para protegê-lo.

Publicidade

Publicidade