in

‘A Sandra sempre foi uma mulher honesta’; conta personal que pegou a esposa tendo relações com um morador de rua

Segundo Eduardo Alves, a família tem dado todo o apoio necessário para a recuperação de sua esposa.

Divulgação / serranoticiario

A polícia segue investigando o caso do morador de rua, que foi espancado por um personal trainer na noite da última quarta-feira (09/03). O episódio viralizou nas redes sociais nas últimas horas e traz versões diferentes sobre o caso. O pouco que se sabe é o que foi filmado por câmeras de segurança naquela noite.

Publicidade

Eduardo Alves, de 31 anos, procurava a sua esposa, quando encontrou seu carro em uma rua no Jardim Roriz, da cidade de Planaltina. Ao se aproximar, o personal percebeu que a mulher estava dentro do carro tendo relações com um morador de rua. Com a convicção de que se tratava de um abuso, Eduardo tirou o mendigo de dentro carro e começou a espancá-lo em via pública.

A mulher, no entanto, garante que a relação foi consensual. Em áudios divulgados pelo site Metrópoles, ela diz que viu o rosto do seu marido no morador de rua e, por vezes, viu até a imagem de Jesus. Após o ocorrido, a mulher foi internada em um hospital particular, onde está recebendo suporte clínico e psiquiátrico.

Publicidade

O personal Eduardo Alves continua acreditando que a esposa sofreu abuso por parte do morador de rua. “A Sandra sempre foi uma mulher honesta, temos atividades profissionais e filhos pequenos“, disse Eduardo, revelando que a família nunca passou por situação parecida.

Publicidade

O rapaz falou com o UOL que toda a família está acompanhando a evolução médica de sua esposa e também está dando todo o suporte necessário para a sua plena recuperação. Eduardo Alves acredita que a esposa teve um surto psicótico.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com