in

Vídeo: viúva é agredida durante confusão em velório de vereador no interior de SP

Após chegar no local da despedida do marido, a mulher foi agredida por familiares do vereador.

Reprodução/Plantão Guarujá

O vereador José Nilton Lima de Oliveira morreu após colidir com a traseira de um caminhão na quarta-feira (2). Seu velório foi realizada na cidade de Guarujá, litoral de São Paulo. No momento da despedida, a família do parlamentar agrediu sua viúva, Miria Costa Santos Teixeira. 

Publicidade

Em um vídeo postado nas redes sociais, Miria pode ser vista chegando nas dependências do local onde era realizado o velório. Foi quando alguns familiares do vereador tentaram expulsa-la. Na sequência, Miria, foi agredida por outras mulheres. Os guardas municipais ajudaram a viúva e a levaram para uma delegacia de polícia civil da região, onde foi registrado boletim de ocorrência.

Segundo o boletim de ocorrência, sua irmã sofreu agressões físicas pelas mesmas mulheres. Elas disseram à polícia que outras pessoas não identificadas também os empurraram e chutaram depois que o tumulto começou. Miria disse ao seu agente que ela e o deputado estavam casados ​​​​há 14 anos, mas eles se desentenderam por causa de fofocas. No entanto, eles se reconciliaram dias antes do acidente.

Publicidade

Valdemir Santana, advogado que representa Miria, disse que o caso foi registrado como lesão corporal, difamação e ameaças. Disse, ainda, que sua cliente estava mentalmente abalada e muito machucada, e que ela deverá realizar exames nos próximos.

Publicidade

O parlamentar José Nilton Lima de Oliveira, mais conhecido como “Doidão” morreu aos 66 anos após um acidente de trânsito em Guarujá, no litoral paulista. O veículo em que dirigia colidiu com a traseira de um caminhão na Avenida Santos Dummont. O vereador também era empresário do ramo de fretes e o atual presidente da câmara municipal. 

Publicidade
Publicidade