in

Guarda cai em golpe de emprego e vira ‘escravo de sangue’; órgãos quase foram vendidos por ‘queda na produção’

As veias dos braços da vítima pararam de coletar o sangue depois de cerca de 800mL extraídos por mês.

The Paper/Divulgação

Informações publicadas pelo portal South China Morning Post indicam que um homem de 31 anos, de sobrenome Li, foi mantido como uma espécie de escravo de sangue por vários meses depois de cair em um golpe. A vítima, de nacionalidade chinesa, trabalha como segurança e foi atraída por um falso anúncio de emprego. Raptado, foi mantido em cativeiro em algum lugar do Camboja, até conseguir fugir para salvar a própria vida.

Publicidade

Depois de contatar os falsos empregadores, Li teria se recusado a participar de um esquema fraudulento. Os criminosos, por sua vez, descobriram que o segurança era órfão, razão pela qual não teria familiares para que a sua liberdade fosse paga em dinheiro.

A vítima foi sequestrada em agosto de 2021 e teve aproximadamente 800mL de sangue retirados de suas veias a cada mês. Foram tantas extrações que os braços, muito machucados com as agulhas, sequer eram capazes de continuar produzindo o líquido, levando os criminosos à extração pela cabeça.

Publicidade

Durante todo o período de cativeiro, Li viveu uma verdadeira tortura psicológica com os criminosos ameaçando vendê-lo a traficantes de órgãos caso não produzisse mais sangue. Para efeitos de comparação, uma pessoa saudável consegue doar apenas 450mL de sangue por vez, em intervalo de 60 dias e no máximo quatro vezes por ano.

Publicidade

A fuga de Li ocorreu mediante o apoio de um dos membros da gangue de fraude online que mudou para o lado de um grupo rival. A vítima continua internada em um hospital em condição clínica estável depois de sofrer uma ameaça de falência múltipla de órgãos.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Henrique Furtado

Henrique Furtado é um redator com vasta experiência no jornalismo online. Solidificou sua carreira com coberturas marcantes sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo ao longo da última década. Suas especialidades englobam desde os bastidores da política, versando por esportes, atualidades e, claro, tudo o que acontece no mundo dos famosos. Está sempre ligado para entregar, em primeira mão, as últimas novidades para os seus leitores, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Contato: henriquefurtado.jornalista@gmail.com