in

Vídeo: advogada é flagrada roubando plantas de vizinhos, caso gerou confusão e foi parar na Policia

Além do roubo filmado, outros jardins da comunidade também foram alvos da mulher, segundo um dos moradores.

Reprodução: G1

Câmeras de segurança capturaram uma mulher roubando plantas de um canteiro de flores na cidade de Samambaia, Distrito Federal. Vizinhos reconheceram a suspeita do furto, houve discussão e o caso terminou na Polícia Civil do estado.

Publicidade

As imagens foram feitas na manhã de sábado (19/02) e foram capturadas de dois ângulos. A mulher se aproxima do local em um carro cinza por volta das 9h37. Com uma faca na mão, ela sai do carro, caminha até o canteiro de flores, corta algumas mudas e volta para o automóvel.

O furto das plantas provocou indignação dos vizinhos, que chamaram a polícia. De acordo com o depoimento de um morador, além do roubo que foi filmado, vários jardins da vizinhança também foram alvos da mulher.

Publicidade

Publicidade

Em um outro vídeo divulgado nas redes sociais, a suspeita do furto aparece discutindo com os moradores da vizinhança. Questionada sobre o comportamento, a mulher disse que as plantas estavam na rua. Quando um dos vizinhos disse que iria denunciar o crime, a suspeita disse que ela era advogada e que seu irmão era o chefe de polícia.

Publicidade

Nos termos da Lei de Crimes Ambientais são impostas penalidades criminais e administrativas para atos e atividades que prejudiquem o meio ambiente por qualquer meio, como destruir, danificar, ferir ou abusar de plantas ornamentais em locais públicos ou propriedade privada. Outros são considerados criminosos. “Pena – detenção, de três meses a um ano, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente. Parágrafo único. No crime culposo, a pena é de um a seis meses, ou multa”, enfatiza o artigo 49 da lei.

Publicidade