Homem causa revolta ao ser flagrado transportando bebê de fraldas, em pé e sem capacete na garupa de moto

O caso foi registrado na cidade de Macau, a 180 km de Natal, capital do Rio Grande do Norte.

PUBLICIDADE

Vídeos que circulam de maneira viral pelas redes sociais mostram um homem transportando um bebê de fraldas na garupa de uma motocicleta. Além da pouca idade, a criança aprece em pé sobre o veículo, sem capacete ou qualquer outro tipo de proteção. O caso foi registrado na cidade de Macau, localizada a cerca de 180 km de Natal, capital do Rio Grande do Norte.

PUBLICIDADE

Em entrevista ao G1, o professor Emerson Melo, especialista em legislação de trânsito, afirma que o condutor da motocicleta cometeu simultaneamente várias infrações previstas no Código de Trânsito Brasileiro. De início, o art. 168 da referida lei considera gravíssimo o transporte de crianças sem a observância, pelo condutor, da correta utilização dos itens de segurança. Além disso, pessoas abaixo de 10 anos não podem transitar em motocicletas.

A maneira como a criança estava sendo transportada no veículo, além de estar em desconformidade com a legislação de trânsito, representou uma grave ameaça contra a sua vida. Isso pois, considerando a pouca idade, a probabilidade de ocorrer um desequilíbrio e, consequentemente, um acidente com escala fatal, seria elevada.

Considerada a natureza gravíssima da infração, o condutor poderá ser responsabilizado por multa na casa dos R$ 293,47. Além disso, poderá haver a anotação de sete pontos em sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além da perda do direito de dirigir.

Além da criança, o próprio motociclista aparece nas imagens sem o uso correto do capacete. O item de segurança é obrigatório em todo o território nacional, sendo que a condução de veículos de duas rodas sem a utilização correta pode acarretar em infração e na suspensão da habilitação.

PUBLICIDADE