in

Garoto de 7 anos perde a vida após engolir apito; mãe está desolada e caso serve de alerta aos pais

O menino tinha apenas sete anos e chegou a ficar internado alguns dias antes de falecer.

Foto: Tieli Costa de Oliveira/ Arquivo Pessoal

Um garoto de apenas sete anos de idade acabou engolindo um apito. A criança sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu nesta última quinta-feira, 17 de fevereiro. O pequeno ficou internado por seis dias no Hospital Pequeno Anjo, localizado em Itajaí, Santa Catarina. Apesar do sofrimento com a perda, os familiares de Matheus de Oliveira aceitaram fazer a doação de órgãos.

Publicidade

“Foram dias difíceis. A gente tinha muita esperança e fé que daria certo, mas infelizmente não deu. Agora é conviver com a dor”, lamentou Tieli Costa de Oliveira, mãe do garoto. Matheus estava hospitalizado na UTI – Unidade de Terapia Intensiva e respirava com a ajuda de aparelhos após ter engolido o objeto.

A mãe ressaltou que a família tinha esperança que a situação pudesse ser revertida, porém eles tiveram que lidar com a triste notícia que o cérebro da criança não tinha mais vida. O velório e o enterro do garoto tem previsão de ocorrer neste sábado, 19 de fevereiro.

Publicidade

Relembre o caso

O acidente com Matheus ocorreu no sábado, 12 de fevereiro. De acordo com os bombeiros que atuaram na ocorrência, o pequeno acabou engolindo o objeto de plástico que tinha aproximadamente dois milímetros de espessura e três centímetros de comprimento. Os socorristas ressaltaram que o apito provavelmente era de um brinquedo infantil.

Publicidade

Conforme o Corpo de Bombeiros dois homens chegaram ao quartel pedindo socorro. O pai estava carregando o filho nos braços e explicou que a criança tinha engolido o apito e ficado inconsciente. A equipe médica do local deu início ao procedimento de reanimação da criança. Durante o procedimento o apito foi expelido pelo menino e ele foi encaminhado ao hospital, mas infelizmente após alguns dias internado a criança não resistiu.

Publicidade

O caso serve de alerta aos pais para ter cuidados redobrados para evitar acidentes com esse que tirou a vida de uma criança de apenas sete anos.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.