in

Petrópolis: mais de 900 pessoas perderam a vida na região por causa das chuvas e novo temporal expõe falhas

Municípios da região de Petrópolis já contabilizaram mais de 900 vítimas fatais por conta de temporais.

CARL DE SOUZA / AFP

A Região Serrana do estado do Rio de Janeiro é uma área que precisa urgentemente de um plano de prevenção eficiente que possa evitar tragédias como a que aconteceu nesta última terça-feira (15) no município de Petrópolis, que teve até o momento 104 vidas perdidas.

Publicidade

O estado já teve cinco governadores que não conseguiram colocar em prática nenhum plano contundente. No ano de 2011 houve a maior catástrofe climática da história do país, quando uma chuva devastou várias cidades da região, tirando a vida de mais de 900 pessoas e quase uma centena de desaparecidos.

O portal de notícias do G1 ouviu especialistas que indicaram algumas obras que poderiam ser aplicadas na área: recuperação de encostas; reflorestamento das margens dos rios; demolições de casas em locais de risco e a realocação de moradores que vivem em terrenos instáveis.

Publicidade

Segundo geógrafos, essas ações poderiam reduzir os danos como o que aconteceram em Petrópolis. Por conta de cerca de 54 casas completamente destruídas, ruas devastadas e centenas de pessoas sem abrigos, a Prefeitura Municipal decretou que a cidade está em estado de calamidade pública.

Publicidade

Este cenário da tragédia é semelhante o que aconteceu no ano de 2013, quando 33 pessoas perderam a vida. O número de pessoas que faleceram na tragédia desta semana tende a aumentar conforme as buscas forem avançando.

Publicidade

Ações emergenciais em Petrópolis

A cada nova catástrofe na Região Serrana, a mobilização dos governantes é imediata. Porém, o passado retrata que essas ações são apenas de ações de caráter emergencial, para amenizar o que já aconteceu e não para evitar novas tragédias.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .