in

Chega notícia sobre filha de mulher que usou enxada no resgate em Petrópolis; ela não resistiu

Gizelia encontrou corpo de Maria Eduarda, de 17 anos, depois de usar enxada para procurar.

Redes sociais / Reprodução Globo

Gizelia de Oliveira Carminate, de 36 anos, mora em Juiz de Fora (MG). Ao saber que a casa onde a filha estava, em Petrópolis, havia desabado com as chuvas, ela viajou de Minas para o Rio. No local do desabamento, Gizelia chamou a atenção.

Publicidade

Desesperada para salvar a filha, a mulher usou as mãos e uma enxada para tentar tirar Maria Eduarda Carminate de Carvalho, 17 anos, debaixo dos escombros. Ao RJ1, da TV Globo, ela afirmou que estava perdendo as esperanças de encontrar a filha com vida.

“Duda, Duda, Duda”, gritava ela. A adolescente de 17 anos estava na casa da madrinha, Tânia Leite Carvalho, de 55 anos, e a neta de Tânia, Helena, de 1 ano e 11 meses. Na foto abaixo, Tânia está com Helena no colo. Horas depois da cena comovente de Gizelia procurando pela filha, a confirmação da morte foi feita.

Publicidade

Os corpos de Tânia, Maria Eduarda e Helene estavam no sofá. As três estavam abraçadas. Emocionada ao receber a confirmação do falecimento da filha, Gizelia desabafou e elogiou a filha. “Minha filha era a coisa mais linda que tem no mundo. Te juro por deus. Uma princesa, 17 anos”, disse a mulher.

Publicidade

Número de mortos se aproximava de 100

O Corpo de Bombeiros e a prefeitura de Petrópolis confirmavam 94 mortos por volta das 22h desta quarta-feira. Dezenas de pessoas estão desaparecidas em diversas regiões da cidade da Região Serrana. Durante a madrugada, as buscas devem ser diminuídas, mas não encerradas totalmente. Pela manhã, com a ajuda da luz do sol, as buscas continuarão a todo vapor. Há muita gente procurando por entes queridos que estão desaparecidos.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!