in

Exame de DNA diz se bebês de Aparecida de Goiânia foram ou não trocados e põe fim ao sofrimento das duas mães

Assim que deram à luz as mães foram avisadas pelo hospital acerca de uma possível troca de seus filhos.

g1 Goiás

De acordo com a Polícia Civil do Estado de Goiás, um exame de DNA pôs fim ao sofrimento de duas mães, que finalmente puderam descobrir se, de fato, seus filhos haviam sido trocados após o nascimento, no final de 2021.

Publicidade

O caso ocorreu em um hospital de Aparecida de Goiânia, Região Metropolitana da capital do estado. Após a realização do exame, foi constatado que, sim, os bebês haviam sido trocados. Com os testes já abertos, as crianças foram devolvidas às suas respectivas mães ainda na tarde desta terça-feira (8).

O resultado da testagem foi entregue às duas famílias envolvidas na presença de seus advogados e de Bruna Coelho, delegada responsável pela investigação do caso. Uma foto registrou o momento em que, enfim, as mães pegam seus filhos no colo.

Publicidade

Publicidade

Luciana Azevedo, advogada que representa o Hospital São Silvestre, onde ocorreu a troca acidental dos bebês, relatou que após o resultado dos exames, a instituição avaliará qual a conduta mais adequada a ser tomada em relação as profissionais responsáveis pelo ocorrido, que até o momento estão suspensas de suas atividades e aguardam conclusão do inquérito policial.

Publicidade

Além disso, em nota, o hospital lamentou a situação e se colocou à disposição da família para auxiliá-los no que se mostrar necessário a respeito dos bebês.

As crianças vieram ao mundo no dia 29 de dezembro de 2021 e a própria unidade de saúde comunicou as mães acerca da possibilidade de ter ocorrido o erro. Após isso, imediatamente o próprio hospital solicitou a realização dos exames de DNA.

Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.