in

Adolescente sente vontade de dormir na casa da avó e perde a vida soterrado: ‘A mãe deixou ir’

Vinicius, de 13 anos, morreu após casa onde estava ser soterrada em Franco da Rocha.

Reprodução Globo

Vinicius Santos tinha apenas 13 anos e está entre as 27 pessoas que morreram em decorrência das chuvas que atingem o estado de São Paulo nos últimos dias. O adolescente faleceu em Franco da Rocha, região metropolitana da cidade de São Paulo. A casa onde ele estava foi soterrada.

Publicidade

Além de Vinicius, outros parentes também morreram no desabamento causado pela chuva (veja as vítimas na imagem mais abaixo. O velório e sepultamento dos quatro corpos foi marcado por forte comoção de familiares e amigos.

Uma vizinha de Vinicius, Jeane Carmen, contou detalhe do ocorrido. Segundo ela, o adolescente foi dormir na casa da avó. “No sábado à noite ele sentiu vontade de dormir na casa da avó, como sempre ele ia mesmo, gostava. A mãe deixou ir”, contou Jeane durante o velório das quatro vítimas.

Publicidade

Parente das vítimas, Patrícia de Jesus Brito afirmou que os viu nascer e chorou ao dar entrevista ao Jornal Hoje, da TV Globo. “Difícil, vi nascer”, afirmou o homem em meio às lágrimas. A casa ficava em um local de morro, que desmoronou devido às fortes chuvas na região.

Publicidade

São Paulo confirma 27 mortes e busca continuam

Nesta quarta-feira (2), 11 mortes haviam sido confirmadas em Franco da Rocha. Em todo o estado, o número de vítimas fatais chegou a 27 com os três corpos encontrados durante a madrugada. Há pessoas desaparecidas. Familiares mantêm a esperança de que sejam encontradas com vidas, mas a cada hora que passa, a situação fica mais difícil e as chances de encontrá-los com vida diminui. O Corpo de Bombeiros continua trabalhando.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!