in

Erupção de vulcão em Tonga provoca tsunami e deixa vários países em alertas; vídeos foram publicados

Ondas inundaram a capital de Tonga e alertas de tsunami foram emitidos em alguns países.

Foto: Reprodução/ O Globo

Neste sábado (15/01), aconteceu uma erupção de um vulcão em Tonga, um país localizado na Oceania, que acabou provocando um tsunami no sul do Pacífico e deixou os países da região em estado de alerta.

Publicidade

De acordo com informações, uma base dos Estados Unidos localizada em Samoa Americana confirmou o alerta e afirmou que registrou enormes ondas na região. Ainda informaram que há um alto risco de acontecer um tsunami na Costa Oeste do país, podendo atingir os estados americanos de Washington e Oregon.

No Japão, situado na costa leste da Ásia, a agência meteorológica do país também emitiu avisos para um possível tsunami com ondas de até três metros. No comunicado, a agência alertou os japoneses para evitarem ficar próximo do mar até que o alerta seja suspenso.

Publicidade

Publicidade

No Chile, o Escritório Nacional de Emergências do Chile emitiu um alerta sobre a possibilidade de um tsunami de proporção menor afetar a Ilha de Páscoa e a costa continental do país.

Publicidade

Já na Nova Zelândia, a agência responsável por conduzir situações de emergência também emitiu um comunicado, informando sobre um possível tsunami nas costas norte e leste do país. No aviso, a agência informou sobre a previsão de correntes marítimas anormais e intensas e ondas instáveis.

Erupção de vulcão em Tonga gera alerta em diferentes países; ainda não se sabe a extensão  dos danos 

Durante a madrugada, foi registrado a erupção de um vulcão localizado em um arquipélago de ilhas em Tonga. De acordo com informações da agência Associated Press, a comunicação com o pequeno país foi suspensa devido à instabilidade das condições.

Segundo informações do Escritório de Meteorologia da Austrália, foram registradas uma movimentação de 1,2 metros. Em Tonga, o registro apontou para ondas de 83 centímetros.

Felizmente, até o momento não foi registrada nenhuma vítima, contudo, ainda não se sabe a real extensão dos danos.

Publicidade