in

Médico espanca cachorra, tenta salvá-la, mas ela não resiste; animal fez xixi no lugar errado

Médico foi preso após espancar cachorra, mas acabou solto no dia seguinte.

Redes sociais Leopoldo Felippe

Leopoldo Felippe, de 30 anos, é um médico anestesista na cidade de Cascavel, no Paraná. Na segunda-feira (10), ele foi preso. A suspeita é de que ele tenha espancado Capitu, filhote de cachorro da raça Spitz Alemão, até à morte. O caso está repercutindo.

Publicidade

Nas redes sociais, Leopoldo está sendo chamado de monstro por muita gente. Vizinhos de Leopoldo teriam ouvido os gritos de Capitu durante a sessão de espancamento. Tudo teria ocorrido porque a cadela de seis meses fez xixi fora do lugar.

Laudo de necropsia mostrou que Capitu sofreu hemorragia intracraniana. O documento vai ser anexado ao processo. Leopoldo foi ouvido pela Polícia Militar e negou que tivesse agredido a cadela. Imagens, porém, mostrariam o contrário e comprovariam o crime.

Publicidade

É possível ouvir o animal granindo. Leopoldo recrimina Capitu e sons de pancadas são ouvidos na sequência. Uma vizinha grita que ele vai matar o cachorro. O médico nada responde. Imagens do circuito de segurança do prédio mostram o médico entrando no elevador abraçado ao animal. Ele tentou reanimar a filhote, mas não conseguiu. Capitu morreu no veterinário.

Publicidade

Médico foi solto

Nesta quarta-feira (12), o médico foi solto sem o pagamento de fiança, que seria definido por um juiz e não pela autoridade policial. A defesa de Leopoldo Felippe afirmou que só vai se manifestar após o médico ser ouvido pelo juiz. Um outro cão de Leopoldo, chamado Bento, foi resgatado e está sendo cuidado por uma ONG, após determinação da Justiça. O animal ainda poderá voltar para o tutor.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!