in

IPVA 2022 em SP: consulte o valor, vencimento e como pagar com desconto

O calendário de pagamentos no estado de São Paulo já é válido a partir desta segunda-feira (10).

Uol/Reprodução

Publicidade

Todo motorista proprietário de veículo sabe que janeiro é o mês de preocupar-se com o pagamento do IPVA (Imposto sob Propriedade de Veículos Automotores), e para não levar aquele susto com o valor na hora de pagar, vamos te ajudar antes a saber o valor do IPVA, data limite para pagamento, valor parcelado e descontos disponíveis.

No estado de São Paulo, o calendário para pagamentos já começa a ser válido a partir desta segunda-feira (10). O proprietário escolhe a forma de pagamento, a vista (com 9% de desconto), ou parcelado (com 5% de desconto).

Publicidade

Consultar valor do IPVA SP: os valores do IPVA de 2022 podem ser consultados através do portal da Secretaria da Fazenda do estado de São Paulo – basta informar o número do código Renavam e a placa do veículo, e então uma tabela com o valor total e valores parcelados em 5 vezes será exibida (clique aqui para consultar). A consulta do valor também pode ser feita em redes bancárias, caixas de autoatendimento, internet banking e aplicativos oficiais dos bancos, sendo necessário apenas informar o Renavam.

Publicidade

Data de vencimento e descontos: confira na tabela abaixo a data limite para pagamento com valor a vista ou parcelado. O número final da placa do veículo indica a data de vencimento.

Publicidade

Efetuar pagamento IPVA SP: para realizar o pagamento, o contribuinte pode recorrer a redes bancárias credenciadas (veja quais). Também é possível realizar o pagamento nas casas lotéricas informando o número do Renavam. O contribuinte que não realizar o pagamento do imposto estará sujeito a multa de 0,33% diários além de juros. Após 60 dias sem o pagamento, o percentual da multa eleva em 20% do valor do imposto.

São Paulo espera arrecadar R$ 21,8 bilhões com o IPVA este ano. O total da frota de veículos no estado é de aproximadamente 26 milhões. Desses, 17,8 milhões estão sujeitos ao pagamento do IPVA, outros 7,5 milhões são isentos por serem fabricados a mais de 20 anos. Cerca de 612 mil veículos estão considerados isentos do imposto, imunes ou dispensados – a lista inclui pessoas com deficiência, taxistas, igrejas, instituições sem fins lucrativos, veículos oficiais e ônibus ou micro-ônibus urbanos.

Publicidade