in

‘Perdi o amor da minha vida’, relata avó do menino de 10 anos que faleceu de Covid

Avó acredita que vacina poderia ter salvado a vida do neto que tinha síndrome de Down.

Arquivo pessoal

Uma avó fez um relato dolorido e carregado de revolta por ter perdido o neto de 10 anos, vítima da Covid-19, em agosto de 2021. “Não perdi só meu neto, perdi o amor da minha vida”, disse Socorro de Jesus da Silva, de 51 anos, avó de Guilherme Monteiro.

Publicidade

A auxiliar de serviços gerais defende a vacina para crianças e faz críticas aos obstáculos que estão sendo impostos pelo governo federal para incluir o público infantil na campanha de imunização. A mulher acredita que se as vacinas estivessem disponíveis naquela época, o neto dela estaria vivo.

Guilherme era portador da síndrome de Down e perdeu a vida após ficar internado por 12 dias. Ele começou a apresentar febre e mal-estar no final de julho. A família acreditava que fosse reação de um medicamento para a anemia, pois ele tinha iniciado esse tratamento há poucos dias.

Publicidade

Os sintomas persistiram por alguns dias, então o levaram para o Hospital Materno Infantil de Brasília. Na consulta foi constatado que ele estava com Covid-19. A avó alega que foi uma surpresa para todos, uma vez que eles sempre fizeram de tudo para proteger a criança, considerando as condições dele.

Publicidade

Guilherme foi internado imediatamente, depois foi encaminhado para o Hospital da Criança da capital federal. Na unidade de saúde ele ficou internado, mas infelizmente ele não resistiu e faleceu no dia 1º de agosto.

Publicidade

Vacinação de Covid-19 para crianças

A avó de Guilherme conta que lembrou dos momentos vividos pela família quando ficou sabendo da vacinação para crianças. “Toda semana eu ligava nos postos para saber sobre a imunização para a idade dele, porque era uma maneira de protegê-lo. A gente fez de tudo, mas não foi possível”, conta.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .