in

Idoso de 68 anos é primeira vítima fatal da variante ômicron no Brasil

Homem morava na cidade de Aparecida de Goiânia, em Goiás, e não resistiu à Covid-19.

SILVIO AVILA/HCPA

Um homem de 68 anos é a primeira vítima da variante ômicron da Covid-19 no Brasil. O caso foi registrado na cidade de Aparecida de Goiânia, em Goiás, e está repercutindo nas redes sociais. Até então, não havia morte com a nova variante da doença causada pelo coronavírus no país.

Publicidade

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (6), e o Ministério de Saúde ainda não se manifestou sobre o caso. Até quarta-feira, às 18h, não havia registro de morte causada pela ômicron no Brasil, de acordo com dados da pasta.

O anúncio da morte foi feito pela Prefeitura de Aparecida de Goiânia. A Secretaria Estadual de Saúde ainda não havia sido notificada sobre o óbito. Os dados das secretarias estaduais são compilados pelo Ministério da Saúde para atualizar os dados da Covid-19 no Brasil – estes dados também são utilizados pelo consórcio de veículos de imprensa.

Publicidade

Homem de 68 anos morre vítima de ômicron

De acordo com a Prefeitura de Aparecida de Goiânia, o homem de 68 anos que morreu em decorrência da variante ômicron tinha comorbidades. Ele tinha hipertensão arterial e doença pulmonar obstrutiva crônica. O homem havia recebido as três doses da vacina.

Publicidade

Especialistas apontam que a vacinação contra a Covid-19 reduz risco de mortes. Por isso é importante que todos se vacinem. Quem já recebeu as duas doses, deve aguardar o tempo correto para tomar a terceira dose da vacina contra a doença causada pelo coronavírus. Em Aparecida de Goiânia, foram 55 pessoas infectadas com a nova variante, registrada pela primeira vez no município há cerca de 10 dias.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!