in

Vídeo: sem máscara, mulher tira vestido para cobrir o rosto e entrar em sorveteria

Depois de ter sido impedida de entrar no estabelecimento sem máscara, a mulher tirou a roupa para fazer uma máscara improvisada.

Reprodução Diario Mendoza

No dia 1º de janeiro de 2022, uma cena inusitada foi flagrada por câmeras de segurança de uma sorveteria localizada em Godoy Cruz, na Argentina. De acordo com informações divulgadas pelo Diário Mendoza, um grupo de pessoas tentou entrar na sorveteria, mas nenhum deles estava usando máscara, item obrigatório em meio à pandemia da Covid-19.

Publicidade

Neste momento, uma integrante do grupo surpreendeu ao decidir usar o próprio vestido como uma espécie de máscara de proteção improvisada e, assim, ficou apenas de roupas íntimas.

No entanto, mesmo com todo o seu esforço, a mulher não teve sucesso e precisou se retirar do estabelecimento.

Publicidade

Vale destacar que a Argentina vem sofrendo uma proliferação da variante ômicron, que possui um maior risco de transmissão e reinfecção. Diante disso, o país vem adotando cada vez mais medidas sanitárias no intuito de diminuir o número de pessoas contaminadas. Na segunda-feira, 3, por exemplo, foi anunciado que tanto os cidadãos da Argentina, quanto os estrangeiros que pretendem entrar no país terão que ser testados para a Covid-19.

Publicidade

Publicidade

A medida foi anunciada, por meio de uma nota oficial do Ministério da Saúde local, que destacou que o teste diagnóstico da Covid passou a ser obrigatório a todos que entrarem no país, devido à proliferação da nova variante do vírus.

Recentemente, o físico Wesley Cota, que é pesquisador da Universidade Federal de Viçosa (UFV), expressou a sua preocupação com a variante ômicron no Brasil. Wesley destacou que os brasileiros estão no escuro, já que estão vendo médicos relatando um aumento de casos de infecções respiratórias, mas não se sabe ao certo se têm algo a ver com a variante e nem ao menos o quanto a mesma está disseminada no país.

Publicidade