in

Criança de 4 anos perde a vida após ser atingida no peito e na nuca por bombinha lançada por adolescente

Aylla Manuella, de 4 anos, dormia no momento em que foi atingida pelo explosivo.

G1 | METRÓPOLES

Na tarde do último dia 25 uma tragédia ceifou a vida da pequena Aylla Manuella Ribeiro da Piedade, de apenas 4 anos de idade. A menina dormia na residência da família quando foi atingida por uma bombinha lançada por um adolescente. De acordo com o site G1, imagens do momento em que o explosivo é lançado já estão nas mãos da polícia.

Publicidade

A delegada Juliana da Silva Paiva, responsável pelo caso, afirmou que o adolescente será indiciado por ato infracional análogo a crime de homicídio. A mãe do menor se comprometeu a apresentá-lo à delegacia nos próximos dias. Segundo Juliana, o adolescente possuía conhecimento de que haviam pessoas na residência.

Imagens do momento da tragédia mostram o menor ao lado de outras pessoas acendendo o explosivo. Segundos após o lançamento, uma mulher e um homem saem da residência visivelmente desesperados. Estas pessoas seriam a mãe e o padrasto de Aylla. As investigações apontam que, mais cedo, o padrasto da menina havia pedido para que os menores não lançassem explosivos na rua.

Publicidade

O pai agarrou a criança, levou lá fora e mostrou para o menor infrator o que tinha ocorrido e levou a criança para o hospital. A gente conseguiu observar que a bomba foi arremessada na direção da casa“, contou a delegada, que afirmou que as crianças não estavam apenas brincando, mas que teriam consciência de tudo.

Publicidade

Aylla foi atingida no peito e na nuca. A menina chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos graves ferimentos. Ainda de acordo com a polícia, o menor segue escondido, já que populares tentaram uma represália após a repercussão do caso.

Publicidade
Publicidade