in

Corpo de jovem que passeava de lancha é encontrado e mãe desabafa: ‘não pode ficar assim’

Polícia está investigando o caso para saber o que aconteceu com a jovem de anos.

Reprodução TV Liberal

A estudante de medicina veterinária Yasmin Cavaleiro de Macêdo, de 21 anos, desapareceu na noite do domingo (12), após passeio de lancha no Rio Maguari, em Belém. Na segunda-feira, o corpo da jovem foi encontrado. A mãe dela quer saber o que aconteceu e cobra investigação.

Publicidade

Eliene Cristina Fontes afirmou à TV Liberal, afiliada da Globo no Pará, que a filha mandou mensagem para ela por volta das 22h. A jovem disse que estava na lancha e garantiu que tudo ia bem. Yasmin disse também que estava a caminho da marina.

Cerca de dez minutos depois, ela enviou uma foto para a mãe. Entre 23h e meia-noite, Eliene foi informada que a filha havia sumido. Na segunda, com o corpo encontrado, a família ficou arrasada. Yasmin era uma jovem estudiosa e cheia de sonhos.

Publicidade

Mãe quer saber o que aconteceu

O desaparecimento e morte de Yasmin deixou a família intrigada. O corpo foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros na área chamada de Furo Maguari. A Polícia Civil investiga. A mãe da jovem conta que ouviu três versões sobre a morte da filha.

Publicidade

A primeira é de que Yasmin caiu da lancha. A outra é que ela estava na escada fazendo xixi e desapareceu. A terceira versão é que estava no meio do rio e quando a procuraram não encontraram. A mãe cobra investigação. “Isso não pode ficar assim, não pode ficar impune“, diz Eliene.

Publicidade

A mulher também disse que a lancha tinha capacidade para oito pessoas, mas havia de 13 a 17 pessoas a bordo. Segundo Eliene, o piloto da embarcação não tinha habilitação e as pessoas estavam bêbadas. 

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!