in

China divulga imagem de um objeto não identificado no lado oculto da Lua

Cientistas buscam desvendar o cubo misterioso que intrigou a Administração Espacial Nacional da China.

Foto: Twitter/Andrew Jones/@AJ_FI

Recentemente, durante uma exploração na cratera Von Kármán, da Lua, o rover chinês, Yutu 2, intrigou os cientistas da agência chinesa (CNSA) ao captar imagens de um objeto não identificado. A imagem foi recebida pelo jornalista Andrew Jones, especialista na Administração Espacial Nacional da China.

Publicidade

Apesar da baixa qualidade e da distância, as imagens mostram um misterioso objeto semelhante a um cubo. Diante dos registros, os internautas agitaram a web com diversas teorias, alguns alegando ser de origem alienígena e outros alegando ser apenas rochas.

Ao ter ciência do registro, a agência chinesa nomeou o objeto como ‘Cabana Mistériosa’. Contudo, os cientistas, curiosos com a descoberta, estão movendo o rover para obterem imagens nítidas e descobrirem do que se trata. Vale ressaltar que o objeto fotografado encontra-se a 80 metros de distância, sendo assim, requer aproximadamente três dias lunares para que o rover se aproxime do objeto misterioso. Confira a seguir o twitter de Andrew Jones:

Publicidade

Publicidade

Segundo os cientistas, apesar da pouca distância, é mais do que parece, pois, 01 dia lunar é equivalente a 27 dias, 7 horas e 43 minutos. Desta maneira, os pesquisadores e internautas ainda vão ter que aguardar dois ou três meses para que o mistério seja esclarecido.

Publicidade

De acordo com Andrew, o objeto misterioso pode ser fruto dos impactos na superfície da Lua, ou apenas uma pedra ainda que nesse formato peculiar. Salientou ainda que este não é o primeiro episódio, sendo que a primeira vez ocorreu em 2019, quando a sonda Yutu-2 teria avistado o que parecia ser uma substância como gel, e por fim, eram apenas pedras.

Publicidade