Irmãos de 3 e 13 anos perdem a vida após ingestão de soda cáustica; riscos e efeitos no organismo

Irmã mais velha tomou o produto intencionalmente ao se sentir culpada pelo ocorrido com o irmão.

Reprodução Globo / Reprodução UOL

Um caso ocorrido em Santo Amaro, na Bahia, na segunda-feira (6), chama a atenção e acende o alerta para os cuidados a serem tomados com os produtos químicos em casas com crianças. Uma menina de 3 anos e uma menina de 13 morreram após ingestão de soda cáustica.

Publicidade

A Polícia Civil da Bahia investiga o caso. O que se sabe até o momento é que a mãe das crianças estava em casa. O produto seria usado para limpar o vaso sanitário. A mãe pediu à filha de 13 anos que deixasse o produto embaixo da mesa. A adolescente esqueceu o produto aberto.

O irmão mais novo pensou que era refrigerante e tomou o produto. Sentindo-se culpada pelo ocorrido, a garota fez o mesmo que o irmão. Ambos foram levados à unidade de saúde de Santo Amaro, foram atendidos, mas não resistiram aos ferimentos causados pelo produto químico.

Publicidade

Efeitos e cuidados 

Produtos químicos devem ser mantidos longe do alcance de crianças, especialmente em lugares altos, como armários e prateleiras, ou trancados, sem que a criança consiga acesso. Substâncias como a soda cáustica destroem o organismo da pessoa após a ingestão. Este produto queima todos os tecidos: lábios, língua, garganta e estômago.

Publicidade

Dependendo da quantidade, leva à morte rapidamente. Entre os sintomas de quem ingeriu a substâncias estão dor, falta de ar, tosse e vômitos. O tratamento adequado é determinado pelo médico e pode incluir cirurgia. Os dados apontam que 80% das ingestões das substâncias consideradas cáusticas são feitas por crianças pequenas. Em muitos casos, a ingestão é pequena e não leva a óbito.

Publicidade

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!