in

Auxílio de R$ 400 em dezembro é garantido em MP publicada por Bolsonaro

O presidente liberou a Medida Provisória em uma edição extra do Diário Oficial na terça-feira (7).

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Visando garantir o pagamento do novo auxílio de R$ 400 no mês de dezembro, o presidente Jair Bolsonaro editou a medida provisória que define as regras para o benefício extraordinário destinado às famílias cadastradas no Auxílio Brasil.

Publicidade

Os primeiros pagamentos do benefício já acontecerão no dia 10 de dezembro, respeitando o último número do NIS. A medida de Bolsonaro foi assinada também pelo ministro da pasta da Cidadania, João Roma. 

Roma agradeceu aos parlamentares do Congresso em vídeo. De acordo com ele, os senadores perceberam o momento complicado causado pela pandemia que está causando efeitos sociais e econômicos negativos para os mais pobres.

Publicidade

A medida provisória foi a forma encontrada pelo governo para que os beneficiários recebam ainda este ano o valor de R$ 400, já que a PEC dos Precatórios está com dificuldades para ser aprovada no Senado.

Publicidade

Embora exista um acordo com o Congresso para o fatiamento da PEC dos Precatórios, para promulgação dos trechos aprovados na Câmara e Senado sem modificações ainda esta semana, o Palácio do Planalto decidiu soltar a medida para garantir o pagamento com ou sem a finalização da PEC pelos senadores.

Publicidade

Por outro lado, é esperado pelos presidentes do Senado e da Câmara, Rodrigo Pacheco e Arthur Lira, respectivamente, que ainda nesta quarta-feira (8) os pontos de convergência nas duas casas sejam promulgados. Mesmo com a identificação dos pontos feitas pelos presidentes, técnicos das casas legislativas precisarão analisar detalhadamente a PEC antes da promulgação.

Lira e Pacheco disseram em coletiva que os pontos divergentes entre Câmara e Senado estão prontos para serem analisados e votados separadamente na terça-feira (14).

Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.