in

Absurdo! Homem tenta burlar vacina e usa braço de silicone para conseguir o comprovante de vacinação

O homem é dentista e estava impossibilitado de trabalhar porque não tomou a vacina da Covid-19.

UOL/ Divulgação

Na última quinta-feira (02/12), o italiano Guido Russo de 57 anos, tentou usar um braço falso feito de silicone para fingir que tinha tomado a vacina e ganhar o passaporte anticovid. De acordo com o jornal Corriere dela Sera, o homem é dentista e por se recusar a tomar a vacina, estava impossibilitado de exercer sua profissão.

Publicidade

O homem comprou a prótese no site da Amazon por cerca de U$564 e apareceu em um centro de vacinas na cidade de Biella, localizada na região de Piemonte, tentando enganar os profissionais de saúde que estavam de plantão trabalhando.

Segundo a enfermeira que descobriu que Guido estava com um braço falso, ele não queria se vacinar, contudo, estava precisando do comprovante para voltar a trabalhar. Disse também que a prótese era muito realista e bem feita, mas que desconfiou por causa da cor e do tato e acabou pedindo para Russo tirar a camisa para confirmar suas suspeitas.

Publicidade

A enfermeira ainda revelou que Guido a pediu que não contasse nada e tentou comprar o silêncio da profissional que se recusou e acabou contando para seus colegas que estavam de plantão que ficaram incrédulos com a situação.

Publicidade

O jornal britânico Daily Mail foi atrás de Russo para que ele se pronunciasse após o fato e ele acabou tratando mal os repórteres. “Vá embora, você arruinou minha vida”, disse o dentista irritado. “Vá embora, vou chamar a polícia”, ameaçou ele.

Publicidade

Após o episódio, o dentista está suspenso e proibido de trabalhar e ainda está sendo investigado pela polícia italiana por suspeita de fraude.

Em 2016, o dentista também foi investigado por tentativa de fraude, sendo acusado de exercer sua profissão ilegalmente juntamente com um técnico de prótese dentaria que também foi investigado.

Publicidade