in

Bebê congelado achado em geladeira é uma menina; suspeita de ter abandonado a criança é presa

O caso aconteceu em Minas Gerais e a dona guardou o corpo na geladeira sem saber por um ano.

Reprodução: G1

O corpo do bebê que foi encontrado em uma sacola na geladeira ainda não teve a idade identificada, porém a polícia sabe que é uma menina. Segundo o responsável pela investigação do caso, o delegado Rômulo Dias, o crime de ocultação de cadáver já está confirmado.

Publicidade

As investigações agora estão apurando se ocorreram outros crimes, como aborto provocado ou homicídio. Os exames da perícia vão ser imprescindíveis para a conclusão da apuração dos fatos. O corpo da criança foi achado na noite desta última terça-feira, 30 de novembro, pela dona de casa Susy Costa, de 56 anos, quando estava limpando a geladeira da sua casa.

De acordo com a dona de casa, a suposta mãe do bebê, identificada como Grazi, teria entregado um embrulho, em uma sacolinha, afirmando que seria um pedaço de carne. A mulher então pediu para que Susy fizesse o favor de guardar o embrulho, fato que ocorreu há um ano.

Publicidade

O corpo da criança se encontra no IML e o delegado explicou que o papel do legista vai ser extremamente importante para informar detalhes do cadáver. O exame pericial vai elucidar questões importantes para a investigação. O fato é que se trata de um crime, mas é preciso identificar se foi um aborto provocado ou se o bebê chegou a nascer.

Publicidade

Entenda o caso

Segundo informação da Polícia Militar de Minas Gerais, o cadáver foi achado por Susy Costa, enquanto ela fazia a limpeza da geladeira. A dona de casa explicou que a suposta mãe do bebê deixou o embrulho em um saco preto e afirmou que seria um pedaço de carne, pedindo para que a mulher guardasse em sua geladeira.

Publicidade

Após um ano, ela decidiu abrir o embrulho que estava no fundo do congelador e foi quando notou que tinha um pezinho humano na sacola. As primeiras apurações do caso apontam que a suposta mãe da criança era conhecida da dona de casa, pois elas frequentavam o mesmo templo religioso. A jovem teria ficado grávida e usado uma cinta modeladora para esconder a gravidez.

Suspeita é presa

Mulher de 29 anos foi presa em flagrante e levada para prestar depoimento no DHPP, que fica na Região Noroeste da capital mineira, Belo Horizonte. A jovem é suspeita de ter abandonado a bebe que foi achada dentro de uma geladeira nesta última terça-feira, 30 de novembro.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.