in

Pastor que dizia que a vacina obrigatória era ‘pecado contra a Santa Palavra de Deus’ falece de Covid-19

A esposa do evangelista confirmou as informações sobre a causa do óbito.

Daystar

Marcus Lamb, um pastor dos Estados Unidos, foi uma das mais recentes vítimas da Covid-19. Ele foi o responsável por fundar a Daystar Television Network e era conhecido por se posicionar contra vacinas através da TV.

Publicidade

O pastor, que evangelizava por meio de seu canal televisivo, frequentemente se mostrava em oposição ao imunizante e supostamente tomou ivermectina para tentar evitar contrair a Covid-19, doença que tem tirado acometido milhões de pessoas em todo o mundo desde o início da pandemia.

O falecimento de Marcus foi confirmado na última terça-feira (30/11) por meio da Daystar Television. No canal, não foi informada qual teria sido a causa da morte, porém, a companheira do pastor disse que o marido foi a óbito em decorrência de complicações da Covid-19.

Publicidade

Segundo Joni Lamb, o companheiro precisou ser internado após uma queda em seus níveis de oxigênio. A mulher do pastor ainda informou que os tratamentos alternativos para o problema de saúde do marido foram ineficazes.

Publicidade

Joni também contou que o evangelizador, que tinha 64 anos, era portador de diabetes, fator que aumentou o risco de adoecer gravemente por conta da Covid-19. Dias antes da morte de Lamb, o presidente da Associação Evangélica Billy Graham havia pedido corrente e orações pela saúde do pastor, que já estava enfrentando complicações da doença.

Publicidade

A Daystar chegou a protocolar um processo no qual afirmava que a obrigatoriedade da vacina contra a Covid-19 era um “pecado contra a Santa Palavra de Deus”. A petição iniciada pelo site do canal tinha como objetivo anular as medidas implantadas pelo presidente dos Estados Unidos com relação ao imunizante.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.