in

Jovem pensava ter simples espinha, mas era na verdade uma doença letal: ‘Crescendo todos os dias sob a pele’

A jovem ainda fez um desabafo e aproveitou para alertar sobre a enfermidade grave.

Reprodução/Instagram

Os cuidados com a beleza são fundamentais para a grande maioria das mulheres, sendo a espinha uma das grandes preocupações. No entanto, é preciso ficar alerta com feridas que não cicatrizam e foi assim que uma jovem descobriu que aquilo que ela imaginava ser uma espinha, era na verdade um grave tumor maligno.

Publicidade

A digital influencer da Itália, Valentina Ferragni, de 28 anos, recebeu o difícil diagnóstico de câncer. A mulher descobriu que tinha um raro câncer de pele após ter passado aproximadamente um ano acreditando que tinha uma espinha difícil de cicatrizar no rosto. Ela usou o seu perfil nas redes sociais para poder alertar os internautas sobre o problema. A influenciadora falou sobre sempre buscar ajuda profissional quando perceber algum tipo de anormalidade no corpo.

“Tenho 28 anos e esse câncer maligno é raro em gente da minha idade, felizmente percebi a tempo”, disse a influenciadora. A jovem compartilhou uma sequência de fotografias mostrando que havia sido submetida a um procedimento cirúrgico para fazer a retirada daquilo que acredita ser acne em sua testa.

Publicidade

Valentina explicou que a primeira hipótese levantada pelos médicos era que pudesse ser um cisto, mas depois foi confirmado que era câncer. Na verdade, a suposta espinha era um carcinoma basocelular, um tumor maligno que fica localizado em uma região específica. Os profissionais que acompanharam o caso afirmaram que esse tipo de câncer é raro para pessoas na idade de 28 anos.

Publicidade

Esse tipo de tumor maligno costuma acometer pessoas entre 50 e 60 anos de idade. Por esse motivo, o diagnóstico da influencer foi tão difícil. Ela falou sobre as alterações do tumor e explicou que ele sumia por alguns meses, sendo que depois piorava chegando até a sangrar por dois dias.

Publicidade

“Então esse carcinoma é assim, fica em silêncio por meses, depois começa a sangrar por dois dias, depois volta ao normal, mas está crescendo e crescendo todos os dias sob a pele”, explicou a influenciadora em seu perfil no Instagram. Valentina agora encontra-se em recuperação.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.