in

Grávida perde a vida, vítima da Covid-19, após dar à luz e marido fica desolado: ‘Dor que não tem tamanho’

Marido utilizou as redes sociais para fazer uma homenagem comovente à companheira.

Metrópoles

Um caso comovente de vítima fatal da Covid-19 foi registrado em Jundiaí, no interior de São Paulo, nesta segunda-feira (22). Dias após dar à luz um casal de gêmeos, a jovem Camila Rosa, de 32 anos, morreu vítima de complicações oriundas da Covid-19 em um hospital da cidade.

Publicidade

Camila estava internada desde o dia 5 deste mês e teve o óbito confirmado no início desta semana. Nas redes sociais, diversos familiares e amigos próximos se manifestaram, lamentando o triste episódio. Os dois bebês sobreviveram. 

Em post no Facebook, o esposo da gestante, Alessandro Toledo, escreveu um texto emocionante, externando o sentimento de dor vivenciado pela dura perda. 

Publicidade

“É uma dor que não tem tamanho, mas era a vontade do Senhor recolher minha princesa, e glória a Deus por deixar dois anjinhos aqui na terra para nunca esquecermos dela. Ela estará sempre viva em nossas memórias”, afirmou Alessandro, que classificou a partida da companheira como um “até breve”. 

Publicidade

Sepultamento

O corpo de Camila foi sepultado no Cemitério Memorial Parque da Paz, em Jundiaí, na última terça-feira (23) no período da tarde, sob forte comoção dos familiares. 

Publicidade

Casos de Jundiaí

De acordo com a prefeitura do município, 57.531 casos da Covid-19 foram registrados desde o início da pandemia. Destes, pouco mais de 55 mil já se recuperaram da doença. O número de óbitos na cidade alcança a casa de 1.616, e outros 219 casos estão ativos. A taxa de letalidade é de 2,81%.

No quesito vacinação, Jundiaí acumula 725 mil doses aplicadas. A população do município é de 426 mil habitantes, segundo o último censo promovido pelo IBGE.

Publicidade