in

Brasil atinge marca de 60% de vacinação completa da população; números animam

País iniciou a campanha de vacinação no primeiro semestre e tem quadro evolutivo.

JORGE SILVA/REUTERS

Em ritmo acelerado na campanha de imunização de sua população, o Brasil atingiu nesta sexta-feira (19) o índice de 60,12% no esquema primário da vacina contra a Covid-19 completo, seja com duas doses ou imunizante de dose única.

Publicidade

Apesar dos números evidenciarem um cenário de alento em um período tão delicado que se mostrou em quase dois anos, a experiência no âmbito internacional comprova que todos os cuidados contra o coronavírus devem permanecer, no intuito de evitar uma nova disseminação do vírus, que se muta, através de variáveis. 

Somente nesta sexta-feira (19), o país aplicou mais de 823 mil segundas doses e outras 4.845 doses únicas, números que contribuíram para o acumulativo geral alcançar e superar os 60%

Publicidade

No que se diz respeito à dosagem de reforço, ou terceira dose, 402.056 brasileiros foram imunizados ao longo do dia. 

Publicidade

Fazendo um recorte apenas da primeira dosagem, o Brasil já atingiu a marca de 73,90% de pessoas vacinadas, ou seja 157.646.149. Deste quantitativo, pouco mais de 123 milhões de brasileiros foram contemplados com a segunda dose. 

Publicidade

Todos os dados citados acima foram compilados e computados pelo consórcio de veículos da imprensa, que trabalham praticamente desde o início da pandemia, atualizando o quadro da doença no país. 

Âmbito sul-americano

No comparativo com outros países da América do Sul, o Brasil só fica atrás de Chile e Uruguai no quesito vacinação da população por porcentagem. De acordo com a plataforma Our World in Data, os dois países aparecem com 82% e 75% respectivamente.

Contudo, vale lembrar que os dois vizinhos são significativamente menores em relação ao território nacional. 

Publicidade