in

Caso Padre Robson: Polícia Federal solicita prisão do religioso ao Supremo Tribunal de Justiça

A investigação começou quando o religioso ainda era reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno

Foto: Divulgação/ Afipe

O caso Padre Robson voltou a ganhar repercussão na mídia após a Polícia Federal enviar para o STJ – Superior Tribunal da Justiça  – um pedido de prisão contra o religioso. Ele estava sendo investigado por suspeita de desvio de dinheiro da Associação Filhos do Pai Eterno, em Trindade, Goiás.

Publicidade

Padre Robson sempre negou todas as acusações sofridas. A defesa do religioso se pronunciou e disse que os fatos usados para solicitar a prisão são antigos e que não justificam o pedido. Além disso, os defensores fizeram uma representação contra a solicitação feita pelos agentes federais.

Através de um comunicado, o Supremo Tribunal de Justiça informou que não divulga informações sobre ações originárias em segredo de Justiça, pois pode prejudicar o andamento das investigações. A investigação contra o religioso teve início quando era reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno. Padre Robson é acusado de desviar mais de R$ 100 milhões. O dinheiro é oriundo das doações realizadas pelos fiéis da igreja. De acordo com o Ministério Público, a quantia teria sido usada para comprar casa na praia, fazendas e até mesmo um avião.

Publicidade

Durante as investigações do MP, foram encontrados áudios com conversa entre o religioso e dois advogados sobre um suposto pagamento de propina de mais de 1 milhão de reais, cuja destinação seria desembargadores do TJGO. O objetivo era ter uma decisão favorável em um processo.

Publicidade

Depois que os áudios foram divulgados, a investigação foi encaminhada para o STJ. No mês de outubro do ano passado, o processo de investigação foi interrompido, pois o TJ entendeu que os crimes apontados pelos promotores não estavam presentes no processo.

Publicidade

A operação, que recebeu o nome de ‘Vendilhões ‘, teve início após supostas extorsões realizadas por hackers contra o padre Robson. As extorsões seriam baseadas em um suposto relacionamento amoroso que o religioso não queria que fosse divulgado.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.