in

Idosa de 71 anos fica três dias desaparecida na floresta, antes de ser encontrada

A mulher possui problemas de memória e ficou três dias perdida na mata.

Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O desaparecimento de uma idosa de 71 anos deixou todos os familiares da mulher muito preocupados. Ela ficou desaparecida por três dias, mas, foi felizmente encontrada com vida, apesar de estar em estado de desidratação evidente. 

Publicidade

A idosa ficou três dias desaparecida na floresta

Tudo começou no dia 15 de novembro, era feriado nacional e a família da idosa estava reunida em sua casa, em uma fazenda a 20 km da cidade de General Carneiro em Cuiabá. Familiares da idosa contaram que por volta das 10 horas da manhã da última segunda-feira, os parentes perceberam que a idosa não estava em nenhum lugar da casa.

Foi nesse momento que os familiares de dona Joanila Egito Ribeiro começaram algumas buscas pela propriedade da idosa. Os bombeiros foram acionados em seguida. As buscas pela mulher duraram 3 dias e depois de muito sacrifício e empenho de bombeiros e cães farejadores, a idosa foi finalmente encontrada.

Publicidade

Ela estava desidratada e foi enviada ao hospital

Conforme as informações do corpo de bombeiros, a idosa possui problemas de memória, ela saiu de manhã para fazer um passeio pela propriedade, entrou pela mata e acabou se perdendo. As buscas por ela, foram incansáveis, sendo realizadas até no período noturno.

Publicidade

Felizmente, a idosa foi encontrada sem ferimentos. Ela estava desidratada sendo encaminhada para um hospital. Os bombeiros comunicaram a família para poderem ficar mais tranquilos. A mulher estava a 3 km de seu ponto inicial, o que significa que ela caminhou um longo percurso antes de ser encontrada.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.