in

Mulher fica revoltada com banheiro multigênero em famosa rede de fast food: ‘Tem que fechar essa imundice’

Em vídeo, mulher pede a ajuda de vereadores para acabar com ‘a pouca vergonha’ dos banheiros de bares e restaurantes em Bauru (SP).

Divulgação: G1

Uma mulher se mostrou indignada com o MCDonald ‘s de Bauru, em São Paulo, não por causa dos alimentos vendidos no estabelecimento, mas, sim, por causa dos banheiros multigêneros do local. Em um vídeo que circula nas redes sociais, a mulher filma as portas dos banheiros, que contém uma placa indicando o uso por pessoas de todos os gêneros, e reclama bastante.

Publicidade

“Tem que fechar essa imundice”, esbraveja a mulher, ressaltando que a rede de fast food americana, na qual ela se refere por “comunista”, está fazendo isso em todos os municípios.

Ela ainda disse no vídeo que não quer usar o mesmo banheiro que todo mundo usa. No entanto, vale destacar que na porta é especificado que o uso das cabines é “individual”.

Publicidade

E mais, no vídeo, a mulher ainda chegou a pedir a ajuda aos vereadores de Bauru para cuidar do município e, assim, acabar com “a pouca vergonha” em banheiros de restaurantes e bares da cidade. Ao fim da gravação, ela sai da lanchonete “enojada” e promete que nunca mais retornará ao local.

Publicidade

Publicidade

Após a repercussão do vídeo, a prefeitura de Bauru notificou a rede de fast food pelo descumprimento de exigências do código sanitário do município.

Por meio de uma nota divulgada no sábado, 13, a prefeitura informou que a Vigilância Sanitária foi até a lanchonete e, durante uma vistoria, ficou constatado o descumprimento de algumas exigências previstas no Código Sanitário da cidade. E mais, ainda de acordo com informações passadas pela prefeitura, o estabelecimento foi autuado e tem o prazo máximo de 15 dias para recorrer e, assim, apresentar justificativa. Caso não o faça, ou os argumentos usados pela lanchonete forem indeferidos, o mesmo poderá ser multado e interditado.

O McDonald’ s comentou sobre o assunto dizendo que um dos compromissos da rede de fast food é promover ambientes inclusivos e de respeito em seus estabelecimentos e, por isso, optaram por adotar “cabine individuais” no intuito de que todas as pessoas se sintam bem-vindas e possam usar o banheiro com conforto e privacidade.

Publicidade