in

Homem se ‘fantasia’ de goleiro Bruno em festa de Halloween e história tem fim marcante

Em festa da empresa em que trabalhava, funcionário decidiu brincar com crime brutal cometido por goleiro Bruno.

Lance / Reprodução

Um homem sofreu com as consequências dos seu atos ao se fantasiar de goleiro Bruno em um evento da empresa em que trabalhava. A situação foi parar na internet e muitas pessoas acharam absurdo o modo como ele tratou o crime envolvendo o ex-goleiro e sua ex-namorada, Eliza Samúdio.

Publicidade

De acordo com o site do jornal Lance, o homem foi punido pela empresa onde era funcionário após aparecer na festa de Halloween com dizeres nas costas escrito ‘Bruno’ e segurando um saco preto onde se podia ler ‘Eliza‘.

Homem perde o emprego após zombar de crime do goleiro Bruno e se fantasiar

A situação aconteceu em uma casa de eventos da cidade de Manaus, capital do Amazonas. Segundo o jornal Lance, Rodrigo Fernandes teria sido demitido.

Publicidade

Em entrevista ao jornal Extra, a mãe de Eliza Samúdio lamentou o caso e falou que não houve empatia por parte do ex-funcionário. Indignada com o caso, ela prometeu que irá acionar a justiça para apurar a situação e tomar as medidas cabíveis.

Publicidade

“Já chorei muito. Tanto desrespeito com a vítima. Será que a pessoa não sabe que tem o filho dela, que é menor, envolvido nisso tudo? Fiquei arrasada quando vi isso. Muito triste. Em 2018, jovens de Minas Gerais tinham feito a mesma coisa”, disse a mãe de Eliza, Sônia Moura.

Publicidade

Rodrigo trabalhava em um estúdio de tatuagem, que emitiu um comunicado informando que não compactua com essa atitude. A empresa declarou que ele foi desligado do quadro de colaboradores. A foto foi apagada do site da empresa que realizou a festa.

Publicidade

Escrito por Tadeu Goulart

Assuntos chocantes, novidades da televisão, famosos e política: tudo você encontra aqui.