in

Sobrevivente da boate Kiss que clamou por Justiça perde a vida aos 33 anos; causa foi revelada

Fernanda Buriol Londero seria testemunha no julgamento que está previsto para começar no dia 1º de dezembro.

Arquivo pessoal: Fernanda Buriol / Divulgação: UOL

Fernanda Buriol Londero era uma das 636 pessoas que estavam na boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, na madrugada do dia 27 de janeiro de 2013. Naquele dia, incêndio no local causou a morte de 242 pessoas. A tragédia completará nove anos daqui a pouco mais de dois meses.

Publicidade

Antes disso, em dezembro, começa o julgamento do caso. De acordo com o Ministério Público, as pessoas que estavam na boate foram vítimas de tentativa de homicídio. Naquela madrugada, Fernanda deixou a boate após achar um atalho na cozinha.

Ela também afirmou que viu fogos de artifício serem usados na Kiss em outras oportunidades. Fernanda seria uma das depoentes, mas a mulher morreu aos 33 anos. Arquiteta, Fernanda morava em Salto do Jaucí, a 280 quilômetros da capital do Rio Grande, Porto Alegre.

Publicidade

De acordo com a Rádio Gaúcha, Fernanda morreu no dia 23 de outubro. A mulher sofreu uma embolia pulmonar. O problema teria ocorrido após cirurgia de vesícula. Após o incêndio na boate Kiss, Fernanda ficou com sequelas pulmonares. De acordo com familiar, não houve relação deste problema com a morte.

Publicidade

Vítima da boate Kiss postou mensagem crítica no começo do ano

Publicidade

No começo do ano, Fernanda usou o Facebook para fazer uma publicação recordando os oito anos da tragédia na boate. A época, ela se posicionou com firmeza. “A Justiça é cega ou é paga para não ver”, escreveu. Fernanda morreu sem ver a Justiça ser feita e os possíveis culpados, condenados pelo incêndio que tirou a vida de mais de 200 pessoas e marcou a história do Brasil.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!