in

Pastor que anunciou sua ressurreição deixou carta: ‘Meu corpo durante os três dias não terá mau cheiro’

Uma multidão acompanhou o cortejo do pastor pelas ruas de Goiatuba, Goiás.

Metrópoles | Montagem Ingrid Machado

Um caso inusitado ocorreu em Goiatuba, Goiás, na madrugada desta terça-feira (26). Uma multidão acompanhou o cortejo do corpo do pastor Huber Carlos Rodrigues pelas ruas da cidade. De acordo com o site Metrópoles, no ano de 2008, Huber escreveu uma carta afirmando que recebera uma mensagem divina afirmando que ele ressuscitaria após sua morte.

Publicidade

Segundo o pastor, o Espírito Santo teria revelado que ele viveria um “mistério de Deus”, ressuscitando ao terceiro dia de sua morte. Na carta, o religioso deixou detalhes sobre como seu corpo deveria ser preservado antes da suposta ressurreição. O pastor morreu devido às complicações respiratórias em um hospital próximo à Goiatuba.

A partir daí, familiares do religioso pediram para que seu corpo fosse refrigerado para que pudessem aguardar o prazo de três dias escrito na carta. O prazo terminou na noite da última segunda-feira (25), quando a viúva do pastor chegou à conclusão de que ele não ressuscitaria e autorizou o sepultamento.

Publicidade

Meu corpo durante os três dias não terá mau cheiro e nem se decomporá, pois o próprio Deus terá preparado minha carne e meu cérebro“, diz um trecho da carta escrita pelo pastor no ano de 2008. O documento contou com a assinatura de duas testemunhas à época.

Publicidade

Uma multidão acompanhou o cortejo do pastor pelas ruas da cidade mesmo com o tempo chuvoso. Durante horas, as pessoas presentes filmavam cada momento da cerimônia acreditando que, de fato, o pastor pudesse voltar à vida. O religioso e a esposa foram casados por quase três décadas e não tiveram filhos.

Publicidade
Publicidade