in

Brasil se aproxima de 606 mil óbitos por Covid-19; média móvel está abaixo de 400

Mais de 21 milhões de pessoas já contraíram o vírus desde o começo da pandemia.

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Com o avanço da vacinação, o Brasil começa a apresentar os principais sinais de que a pandemia finalmente está sendo controlada. Na segunda-feira (25), o país registrou 202 mortes por Covid-19 em 24h.

Publicidade

Com esse número, o Brasil se aproxima a 606 mil vidas perdidas para a doença: 605.884 pessoas foram vitimadas desde o início da pandemia. A média móvel, porém, está pelo 14º dia seguido abaixo dos 400. Isso significa que houve uma redução de 8% no número registrado em duas semanas, isso significa estabilidade na média de mortes.

Desde o dia 31 de julho, o Brasil conseguiu deixar a média dos 1 mil vitimados por dia. O país passou 191 dias seguidos registrando mais de mil mortos por dias, sendo que entre 17/03 a 10/05, foram mais de 2 mil pessoas vitimadas por dia. Em abril média chegou a registrar 3.125 mortes.

Publicidade

No número de casos, o país registrou mais de 21,7 milhões. 7,5 mil novos casos foram registrados nas 24h. Na média, também existe uma redução nas infecções, -7%, o que também é considerado uma estabilidade. Em 23 de junho, a média de infecções ultrapassou os 77 mil casos.

Publicidade

A vacinação contra a Covid-19

No momento, 153,3 milhões de pessoas receberam ao menos a primeira dose. Isso significa que a imunização parcial já atingiu 71,88% dos brasileiros.

Publicidade

Os que já completaram o esquema vacinal somam 111 milhões, o que representa 52,05% da população brasileira. 

A terceira dose ou dose de reforço já foi aplicada em 6,6 milhões de pessoas. No total, somando todas as doses, 271 milhões de vacinas já foram aplicadas desde o início da campanha.

Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.