in

Ministro Paulo Guedes teria pedido demissão após discussão com Bolsonaro, diz jornalista

De acordo com o Correio Braziliense, Bolsonaro estaria tentando reverter a situação.

Foto: Evaristo Sá / AFP

Conhecido como um dos maiores trunfos de Bolsonaro em sua campanha presidencial na escalada liberal, Paulo Guedes ficou conhecido na campanha de 2018 como “Posto Ipiranga”, porém, segundo informações do jornalista Vicente Nunes, do Correio Brasiliense, o economista teria pedido demissão após uma séria discussão com o presidente.

Publicidade

O pedido teria partido do ministro ainda na última quinta-feira (21), de acordo com o jornalista. A discussão pesada entre o presidente e o líder da pasta econômica teria tido como estopim o furo no teto de gastos para bancar o Auxílio Brasil no valor de R$ 400. O economista teria dito que chegou ao limite.

As fontes do Correio Brasiliense ainda afirmam que o pedido de demissão chegou logo após a debandada dos auxiliares de Guedes que não aceitaram as manobras fiscais do governo.

Publicidade

O pedido de demissão dos auxiliares Bruno Funchal, responsável pelo Tesouro e Orçamento, Jeferson Bittencourt, secretário do Tesouro Nacional e os secretários adjuntos do tesouro, Gildenora Dantas e Rafael Araújo, teria feito Guedes se sentir desmoralizado.

Publicidade

No momento, ainda não está descartada a chance de que a demissão Paulo Guedes seja anunciada nesta sexta (22). O economista teria considerado as propostas do governo como inaceitáveis. 

Publicidade

A agenda do político não chegou a ser divulgada, a situação estaria tensa nos bastidores. Conforme divulgado pela GloboNews, interlocutores do presidente já estão buscando nomes para substituir Guedes.

Não se sabe quem seria o próximo ministro, mas o favorito no momento, segundo Igor Gadelha do Metrópoles, é o atual presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.