in

Homem perde esposa, irmão e sogros para a Covid-19 e fica com recém-nascido para criar sozinho

A doença tem tirado a vida de milhares de pessoas todos os dias no mundo inteiro.

G1

A Covid-19 tem sido a causa da morte de milhões de pessoas em todo o mundo desde o início da pandemia. Muitas crianças ficaram órfãs, pais perderam filhos, homens perderam esposas e o cenário da doença ainda é preocupante, mesmo após o início das aplicações de vacina.

Publicidade

Recentemente, o G1 começou a exibir matérias sobre pessoas que perderam entes da família para o coronavírus, que já matou mais de 600 mil indivíduos do final do ano de 2019 para cá. As histórias são comoventes.

Uma delas é de Iomar Penza, que tem 46 anos. Até pouco tempo, ele não era muito do tipo de pessoa que respeitava completamente as medidas contra a Covid-19. Mas depois de perder grande parte da família para a doença, passou a conscientizar outros sobre o tema.

Publicidade

Uma das pessoas que Iomar perdeu foi sua esposa. A mulher deixou um filho recém-nascido para o marido criar, depois de sofrer complicações provocadas pelo coronavírus, e acabou não conseguindo resistir.

Publicidade

Iomar também perdeu os sogros para a Covid-19, assim como seu irmão gêmeo, Anthony Ferrari Penza, que trabalhava como enfermeiro em um hospital e se tornou conhecido nas redes sociais por incentivar movimentos antivacinas.

Publicidade

Quando começou a pandemia, a gente não acreditava muito. Continuamos trabalhando porque temos que trabalhar, não tem jeito“, disse Iomar, que trabalha como dentista, profissão que também era da sua falecida esposa.

Ao falar sobre o irmão, Iomar conta que tentou alertá-lo sobre as publicações compartilhadas por ele: “Pedi pra ele tomar muito cuidado. Eu falava pra ele: ‘Eu não faria vídeos assim. Porque você acaba agredindo uma pessoa, ofendendo uma pessoa’“, diz.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.