in

Mãe de menina esmagada por muro comove ao relatar reação da filha no hospital: ‘Começou a chorar’

A criança foi atingida por um muro e sofreu várias fraturas precisando passar por cirurgia.

Foto: Reprodução/TV Globo

A mãe da pequena Kemilly Kethelyn Lino da Silva, a garotinha que foi esmagada por uma placa de concreto, atualizou o estado de saúde da filha nesta segunda-feira, 18 de outubro. Caroline Pereira disse que a filha chorou e reagiu a estímulos. “Ela ainda está com o rostinho todo inchado… eu disse ‘neném, mamãe está aqui’ e ela começou a chorar. Eu disse ‘chore não, que logo mais você vai para casa, para brincar com a sua irmã’”, disse a mãe.

Publicidade

O triste acidente aconteceu em Recife neste último sábado, 16 de outubro, enquanto estava sendo promovida uma festinha pela ONG Mão Amiga. O objetivo do evento era celebrar o Dia das Crianças na localidade. A vítima, de apenas oito anos, foi submetida a um procedimento cirúrgico na pelve durante a madrugada de domingo. Segundo informação do hospital, Kemilly continua em estado grave, porém está clinicamente estável. A pequena ainda respira com a ajuda de aparelhos.

O muro que desabou em cima da criança é de responsabilidade da CBTU – Companhia Brasileira de Trens Urbanos. A empresa emitiu um comunicado lamentado o acontecimento e informou que está apurando a causa do acidente. Ainda conforme a instituição, os muros passam por reparos e vistoria de forma periódica.

Publicidade

Após a tragédia, uma tábua foi colocada para poder tapar o buraco que ficou depois da queda do muro. No entanto, existem outras placas deterioradas no local onde houve a queda do muro. A mãe da menina disse que a empresa conversou com o marido para dizer que dariam todo suporte. Kemilly teve politraumatismo e a família informou que a pequena também sofreu fraturas no crânio, pés, pelve e coluna.

Publicidade

A família agora se preocupa com o bem-estar da criança e que a empresa providencie a manutenção no local para evitar que outros acidentes aconteçam. Moradores da localidade disseram que o muro já estava bem danificado e em alguns trechos as placas já tinham desabafo.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.