in

Mulher relata que dormiu a um metro de cadáver durante 2 meses e não tinha percebido

A mulher, que faz vídeos para o TikTok, relatou nas redes sociais que se sentia enjoada pelo mau cheiro.

REPRODUÇÃO/TIKTOK

Um fato curioso e macabro aconteceu com a influenciadora americana Reagan Baylee. De acordo com a mulher, em meados de maio de 2020, ela começou a sentir um forte cheiro vindo do bloco de apartamentos onde reside, na cidade de Los Angeles. A influenciadora relatou que não sabia o motivo do mau cheiro, mas o arama não era nada agradável, tendo ela o descrito como, aparentemente, cheiro de peixe podre.

Publicidade

Não havia como Reagan checar o que estava acontecendo, pois naquele momento era o auge da pandemia e todos deviam ficar em suas residências. A influenciadora também relatou a seus seguidores que começou a se preocupar à medida que o cheiro se tornava mais fétido, pois aquele aroma não poderia ser apenas de alimentos podres.

De acordo com a influenciadora, ela até pensou que o cachorro de seu vizinho tivesse morrido e ficou muito preocupada. Reagan contatou a administradora do prédio que, no primeiro momento, não quis verificar o mau cheiro, mas depois cedeu e mandou um funcionário averiguar o que estava acontecendo.

Publicidade

Após subir as escadas, o funcionário desconfiou que alguém havia morrido, pois o cheiro estava muito forte. Reagan também ligou para a polícia. Assim, cerca de 8 policiais chegaram até o bloco de apartamentos e interrogaram todos os moradores. A suspeita do funcionário foi confirmada e dentro do apartamento havia um corpo em estágio avançado de decomposição.

Publicidade

A seus seguidores, a influencer contou que todo o enjoo que ela sentiu era devido ao cadáver, pois ele já estava liberando muitos gases tóxicos devido a decomposição.

Publicidade
Publicidade