in

Sétima vítima do naufrágio no Pantanal é encontrada; seis foram identificadas e quatro são da mesma família

O naufrágio se deu na última sexta-feira (15), por conta dos ventos fortes que atingiram a embarcação.

Divulgação / Correio do Brasil

No decorrer da tarde deste sábado (16), o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul encontrou, já sem vida, a sétima vítima do naufrágio de um barco-hotel nas águas do rio Paraguai, em Corumbá, região do Pantanal. O resgate iniciou no período da tarde, porém, no início da noite os militares ainda trabalhavam na remoção da vítima.

Publicidade

O barco naufragou no Pantanal, por conta de um temporal, ocorrido na tarde da última sexta-feira (15). Segundo informações colhidas pelo Corpo de Bombeiros Militar do estado e compartilhadas com o portal de notícias Metrópoles, uma embarcação com finalidade turística, de codinome Carcará, teria afundado após ser atingido por fortes ventos. Dentro da embarcação estariam 21 pessoas.

Os bombeiros trabalham nas buscas desde o registro do acidente e, por volta das 14h deste sábado (16), localizaram o corpo da última vítima desaparecida, totalizando sete óbitos. Pouco tempo antes, a sexta vítima também havia sido localizada, enquanto as outras cinco foram todas encontradas no período da manhã.

Publicidade

Segundo dados da Polícia Militar, o barco-hotel era ocupado por doze turistas e outras nove pessoas que faziam parte da tripulação que trabalhava na embarcação. O comandante da embarcação, Vitor Celestino Francelino, de 64 anos, não resistiu ao ocorrido e acabou vindo a óbito.

Publicidade

Até o momento, seis das sete vítimas já foram identificadas, são eles Geraldo Alves de Souza, de 78 anos; Olímpio Alves de Souza, de 71; Fernando Gomes de Oliveira, de 49; Thiago Souza Gomes, de apenas 18 anos, sendo estes quatro da mesma família. Além deles, o comandante da embarcação, Vitor Celestino Francelino, de 64, e Fernando Rodrigues Leão, de 44 anos, também perderam a vida.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.