in

Em conferência, Bolsonaro afirma que chora no banheiro: ‘Minha esposa nunca viu’

Em tom de brincadeira, o presidente ainda disse que Michele Bolsonaro o considera um ‘machão’.

Foto: Reprodução/ Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Nesta quinta-feira (14/10), o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro afirmou durante uma conferência coordenada pela igreja Comunidade das Nações que chora no banheiro de casa devido aos problemas que tem enfrentado ao longo de sua gestão.

Publicidade

O presidente ainda aproveitou o momento de descontração e disse que a primeira-dama, Michele Bolsonaro, nunca presenciou esses momentos e pensa que ele é um “machão”.

“Quantas vezes eu choro no banheiro, em casa […] Minha esposa nunca viu. Ela acha que eu sou o machão dos machões”, disse Bolsonaro.

Publicidade

No evento, o chefe de Estado também falou sobre sua carreira, contando detalhes sobre a sua história de vida e relembrou o ataque que sofreu durante a campanha eleitoral de 2018, em Juiz de Fora, quando foi ferido por uma faca na barriga. O presidente agradeceu por sua vida e ressaltou que é um milagre estar vivo.

Publicidade

Nesta quinta-feira (14/10), durante uma transmissão ao vivo, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), teve uma crise e tossiu cerca de nove vezes, preocupando os internautas que estavam acompanhando a conferência.

Publicidade

Bolsonaro disse que estava gripado, contudo, não utilizou máscara durante o bate-papo. O presidente foi alvo de críticas, pois estava do lado do intérprete de libras e mesmo assim, não utilizou uma proteção.

Durante a transmissão, o presidente voltou a propagar um discurso anticientífico, sugerindo que quem já foi infectado pelo vírus não teria a necessidade de se vacinar. “Eu, que não tomei vacina, não contraí o vírus. Atestam estudos que quem foi contaminado, como eu, adquire anticorpos”, disse Bolsonaro.

A live durou cerca de 35 minutos e foi encerrada com o presidente tossindo muito.

Publicidade