in

Homem come deliciosa pizza e morre logo em seguida; todo cuidado é pouco

Caso aconteceu na cidade de Ubatuba, litoral norte de São Paulo, nesta quarta-feira.

Reprodução Receitas Globo / Montagem Diogo Marcondes

Um homem de 29 anos, cuja identidade não foi revelada, morreu na cidade de Ubatuba, litoral norte de São Paulo, na quarta-feira (13). A morte aconteceu após ele comer uma deliciosa pizza de camarão. Os detalhes chamam a atenção e ligam um alerta para o consumo do crustáceo. 

Publicidade

O homem passou de barco, acompanhado de outras pessoas. Depois disso, comeu uma pizza de camarão, mas teve reação alérgica severa e não resistiu. As pessoas que o acompanhava ficaram desesperadas, procuram farmácia na região, mas não havia nenhuma.

Estas pessoas teria ido até a casa pegar um remédio. O homem era asmático. As informações foram dadas por uma testemunha. A Polícia militar informou que foi acionada. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi ao local, na Enseada.

Publicidade

A equipe do Samu tentou fazer a reanimação do homem, mas não conseguiu. Ele morreu no portão de casa. A Delegacia de Ubatuba registrou o caso como morte suspeita. O corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal. Exames vão apontar a real causa da morte.

Publicidade

Todo cuidado é pouco ao comer camarão

Publicidade

Os exames necroscópicos vão apontar qual a causa da morte deste homem de 29 anos, mas ele não seria a primeira pessoa que tem reação alérgica após comer camarão. Se isso acontecer e o atendimento médico não for urgente, há grande risco de morte. Por isso, ao comer camarão, especialmente na primeira vez, todo cuidado é pouco. As reações costumam ser rápidas, mas também há casos de reações tardias, cerca de 48 a 72 horas depois do consumo.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!