in

Novo ensino médio: conheça as mudanças previstas para as escolas brasileiras em 2022

Com uma proposta de autonomia e protagonismo, o novo ensino médio está prestes a ser posto em prática.

Meio Norte

A rotina das escolas, dos professores e dos alunos brasileiros sofrerá uma mudança drástica a partir de 2022. Principalmente para aqueles estudantes que irão cursar o primeiro ano do ensino médio. Tudo por conta de uma mudança na Lei de Diretrizes da Educação, estabelecendo o novo ensino médio.

Publicidade

O conceito é proporcionar mais autonomia ao estudante, que terá uma formação com base em um currículo comum a todos os alunos, em acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), mas também terá a sua disposição outras possibilidades com foco maior na área em que o mesmo pretende atuar, melhorando sua formação técnica e profissional.

Além disso, o novo ensino médio também visa garantir educação de qualidade e aproximar as escolas da realidade em que se encontram os estudantes de hoje ao enfrentar as demandas de um mercado de trabalho cada vez mais complexo.

Publicidade

Na prática, a principal mudança está no cumprimento dos chamados itinerários formativos, que serão disponibilizados aos alunos ainda em 2022, porém, só serão considerados obrigatórios em 2023.

Publicidade

Neles, o aluno encontrará em sua grade quatro opções de áreas de conhecimento, divididas da maneira que for mais conveniente à escola, por ano ou semestre. O estudante poderá, então, escolher uma disciplina para que seu estudo seja específico e mais aprofundado na área de sua escolha.

Publicidade

Vale ressaltar, também, que outra grande mudança está na carga horária. Os alunos terão um tempo diário maior para se dedicar a escola, passando de 4 para 5 horas, no mínimo. Esta mudança já passa a rogar em 2022.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.