in

Malafaia quer denunciar dois ministros de Bolsonaro: ‘Perderam condição moral’

Em seu perfil oficial no Twitter, Malafaia prometeu trazer à tona denúncias contra dois nomes do governo.

Isac Nóbrega

Neste domingo (10), o pastor Silas Malafaia, um dos nomes mais cotados por aliados de Bolsonaro a compor a chapa de 2022 como vice-presidente, utilizou seu perfil oficial no Twitter para afirmar que dois nomes entre os ministros do atual governo não teriam mais condições morais de permanecer no cargo em que ocupam.

Publicidade

Na mesma publicação, Malafaia chamou os ministros de inescrupulosos, afirmou que divulgará os nomes nesta segunda-feira (11) através de um vídeo e classificou as denúncias que fará como um verdadeiro arrasa quarteirão.

“Gravíssimo! Atenção, povo brasileiro. Dois ministros de Bolsonaro perderam a condição moral de continuarem como ministros. Amanhã vou postar um vídeo denunciando esses inescrupulosos. Será um verdadeiro arrasa quarteirão”, afirmou o pastor, deixando seus seguidores ansiosos e apreensivos por novas informações.

Publicidade

Publicidade

Mesmo sendo um fiel aliado do presidente da República Jair Bolsonaro, Malafaia já vinha demonstrando atritos com o líder da Casa Civil do governo, o ministro Ciro Nogueira, chegando, inclusive, a publicar um vídeo onde acusa o mesmo de indicar pessoas de seu interesse para ocupar a cadeira vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

Publicidade

Atualmente, o nome mais cotado e até mesmo defendido por Malafaia para ocupar tal posição é o de André Mendonça, antigo ministro da Advocacia-Geral da União. André foi indicado ao cargo pelo presidente Jair Bolsonaro e aguarda aprovação da indicação na Corte, após sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.