in

Ginecolista preso por crimes contra pacientes dá entrevista: ‘ficou excitada’

Nicodemos foi preso no mês passado, acabou solto, mas agora foi detido novamente.

Reprodução TV Anhaguera

Nicodemos Júnior foi preso no fim de setembro e solto dias depois. Nesta sexta-feira (7), o ginecologista suspeito de crimes sexuais contra pacientes voltou a ser detido. Nesta semana, o médico deu entrevista à Record Goiás e falou sobre as acusações que vem sofrendo.

Publicidade

Nicodemos negou que tenha abusado de pacientes. Após ir preso, no dia 29 de setembro, dezenas de mulheres procuraram a delegacia de Anápolis, em Goiás, para denunciá-lo. A primeira denúncia contra ele, que deu início às investigações, foi feita no dia 15 de setembro.

Solto a mando da Justiça, o ginecologista teve que usar tornozeleira eletrônica e não poderia sair da cidade. Na sexta, a prisão aconteceu após denúncias de mulheres de Abadiânia, também em Goiás. Na entrevista antes de ser preso pela segunda vez, Nicodemos deu uma declaração polêmica.

Publicidade

“Durante o exame físico você percebe que a paciente ficou excitada e às vezes ela não fica excitada com o parceiro dela”, declarou o médico. Em seguida, ele afirmou que a paciente comenta com o parceiro que o toque havia sido diferente. 

Publicidade

Ele disse, ainda, que quase nenhum médico trabalha com questão de sexualidade porque pode ser mal interpretado. Ginecologista há 16 anos, Nicodemos afirmou que nunca nenhuma paciente o tocou. Em depoimento, algumas mulheres disseram que o médico colocou a mão delas em sua parte íntima.

Publicidade

Trocas de mensagens entre o médico e pacientes também causaram polêmica. Em uma delas, Nicodemos fala em teste para ver se DIU incomoda parceiro. A única paciente que se identificou e mostrou o rosto foi atendida pelo médico quando tinhas apenas 12 anos.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!