in

Rivotril, ‘Monique inocente’ e muito choro: os bastidores da primeira audiência do caso Henry

Primeira audiência foi marcada pela comoção; Henry morreu em março, aos quatro anos.

Reprodução Globo

A primeira audiência do caso Henry foi realizada na quarta-feira (6). Um dos momentos mais marcantes e emocionantes foi o depoimento de Leniel Borel de Almeida, pai do garoto. Leniel tem clamado por justiça e quer os culpados pelo crime, condenados.

Publicidade

Monique Medeiros, mãe de Henry e ex-esposa de Leniel, e Jairo Souza Santos Junior, o ex-vereador Dr. Jairinho, são acusados de homicídio triplamente qualificado. Antes de depor, Leniel ficou mal quando a juíza deu início a sessão. A magistrada lia das denúncias contra Monique e Jairinho enquanto Leniel chorava muito e passava mal.

A leitura foi interrompida e Leniel precisou tomar um comprimido do calmante Rivotril. Leniel voltou a chorar durante o seu depoimento. Não só ele. Os advogados de Leniel, Monique e seu advogado, Thiago Minagé, também choraram. Pessoas que assistiam à audiência presencialmente também se emocionaram bastante.

Publicidade

Avó de Henry assiste pregação religiosa

Rosângela Medeiros, avó de Henry, era uma das pessoas mais inquietas na audiência. Abalada, ela assistia parte e depois saia da sala para ver e ouvir uma pregação religiosa no YouTube no aparelho celular. Rosângela, que recentemente perdeu o marido, pai de Monique, acredita na inocência da filha.

Publicidade

A avó de Henry usava uma camisa com os dizeres “Monique é inocente”. A filha pode ser condenada por homicídio triplamente qualificado e esta presa desde o dia 8 de abril, um mês após a morte do menino. A outra frase estampada era “exigimos justiça por Henry”. A próxima audiência ocorrerá em dezembro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!