in

Caso Henry: promotor detona Jairinho e Monique e cita prazer em machucar e vantagem financeira

Ministério Público se posicionou de forma contundente contra mãe e padrasto de Henry.

Reprodução Record TV / Arquivo Pessoal Monique Medeiros

As audiências de instrução e julgamento do caso Henry começaram nesta quarta-feira (6). O encontro foi realizado no Rio de Janeiro. Jairo Souza Santos Júnior, o ex-vereador Dr. Jairinho, e Monique Medeiros estão sendo julgados por homicídio triplamente qualificado. 

Publicidade

Os dois estão presos desde o dia 8 de abril, quando a morte de Henry Borel, de quatro anos, completou um mês. O menino foi morto na madrugada do dia 8 de março. Mãe e padrasto o levaram a um hospital do Rio, mas o garoto chegou ao local sem vida.

A princício, Monique e Jairinho falaram que acordaram de madrugada e que Henry estava caído no chão da casa. As investigações, porém, apontaram que Henry foi agredido por Jairinho. Monique sabia das agressões que o filho sofria e não fez nada para impedir.

Publicidade

Logo no primeiro dia de audiência, o Ministério Público se posicionou de forma contundente. O promotor Fávio Vieira detonou Monique e Jairinho. Segundo ele, jairinho era sádico e tinha prazer em machucar. Já Monique se beneficiava financeiramente com o relacionamento. Após começar a namorar o vereador, ela ganhou cargo na esfera pública e passou a receber R$ 11 mil mensais.

Publicidade

Posicionamento das defesas de Monique e Jairinho

Publicidade

A defesa de Jairinho afirma que a morte foi não desejada e que mostrarão que as provas colhidas no inquérito e pelo Ministério Público são irregulares. A defesa de Monique diz que as audiências são a chance de apresentar de maneira oficial uma nova versão do caso. No começo das investigações, logo após a morte de Henry, o casal era representado pelo mesmo advogado.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!